Como vencer o medo.

Como vencer o medo: Joana darc o arquétipo da coragem da resiliência feminina

Você tem algum tipo de medo? Quer aprender a vencer o medo? Neste artigo você vai aprender como usar um arquétipo para superar um medo. Vai aprender algumas dicas de Joana d´Arc, uma heroína real, o maior exemplo de mulher coragem e resiliência em todos os tempos.

Estamos vivendo uma época em que há toda uma geração de pessoas medrosas, as pessoas são facilmente manipuladas por notícias violentas.

É fato que pessoas medrosas e nervosas contagia outras pessoas para o mesmo sentimento e comportamento negativo num efeito manada, o contrário também é verdade.

No Brasil é fato que desde criança ou jovem fomos educados para sermos passivos mesmo numa situação de perigo real. As mulheres principalmente, sempre foi vendida a ideia de sexo frágil.

O que proponho é algo mais forte, é inserir comportamentos permanente no seu subconsciente, proponho educar-se pelo exemplo, modelar-se a pessoas de coragem, pessoas que em situações de extremo perigo real tiveram coragem de lutar venceram.

Medo e Coragem

No nosso cérebro, o cérebro trino, o medo se vincula ao cérebro reptiliano e surge do instinto animal de sobrevivência e pode nos ser útil para alertar numa situação de combate ou de um perigo próximo, apenas isto.

Para além do medo como instinto, este se torna de acordo com a psicologia analítica como uma sombra, o medo é a principal sombra, o lado negativo de nossa psique, resultando num sentimento negativo que nos domina e nos aprisiona, resultando em  sentimentos densos e pensamentos obscuros.

Coragem é um estado emocional positivo de domínio e de superação do medo. Resiliência é a capacidade emocional de resistência a situações de vidas adversas. Todos somos testados no cotidiano a nossa habilidade de resiliência. Ambos são habilidades emocionais, logo estão presentes ou não no subconsciente das pessoas.

Pode afirmar também que coragem e medo são sentimentos opostos, a cura do medo é a coragem ou autoconfiança; igualmente que uma pessoa vulnerável e fraca psicologicamente o oposto de uma pessoa resiliênte.

Viver com medo é viver numa prisão sem grades, numa prisão mental em que costumamos negar a cela por não enxergarmos, o medo é um sentimento sutil que nos limita, paralisa ou tira do caminho, assim o medo acaba por mover parte do mundo, só que para o lado errado.

Na prática o medo, inibe os nossos comportamentos, equivale a uma bola de ferro presa a sua perna, um peso real que paralisa a vida das pessoas, as impede as pessoas evoluam em todas áreas.

como-vencer-o-medo

A lista de medos são grandes, há medo de tudo: medo de problemas, medo da violência, medo de conflito, medo da pobreza e da escassez, medo do pecado, medo tenta e erra, medo da solidão, medo de multidão, medo andar nas ruas, medo da doença, medo da morte etc.

Joana d´Arc o arquétipo da coragem da resiliência feminina

Joana d´Arc viveu na idade média e foi uma importante personagem da história francesa durante a Guerra dos Cem Anos (1337-1453), quando o seu país, a França, enfrentou a rival Inglaterra.
Inicialmente foi-lhe negado a entrada no exército francês, por ser uma mulher, mas Joana não desistiu e inspirada em “mensagens divinas”, cortou o cabelo curto, vestiu-se de homem e começou a fazer treinamentos militares. Só então foi aceita no exército francês, chegando a comandar diversas tropas durante a guerra, onde obteve diversas vitórias.
Joana D’arc foi uma heroína real, diferente de diversas outras heroínas fictícias, inventadas pelo cinema como: Mulher-maravilha, Supergirl, Xena entre outras.

Arquétipos neste artigo pode ser entendido como pessoas modelo ou pessoas símbolos, logo pense em joana darc como um modelo de resiliência, esta mulher não tinha nada, pois viveu numa época em que as mulheres nenhum direito e conseguir o respeito de todos. Igualmente ela foi uma modelo coragem pois entrou numa guerra armada em que só existia homens e liderou o exército francês em anos de batalhas e triunfou em todas.

Vencer seus medos é uma situação chave na vida de todas as pessoas. É a chave para liberdade em todas as áreas; medo é o pior de todos sentimentos negativos, vencer o medo significa não deixa que este sentimento ruim nos controle.

Só há uma maneira de vencer o medo é enfrenta-lo, quanto mais você enfrenta seus medos ,mais eles desaparecem. É no enfretamento das causas de nossos medos, fobias e traumas, obviamente deve identificar numa linha do tempo a causa psicológica e após aplicar as estratégias de um arquétipo, um exemplo real de vida.

Cabe deixar claro o medo é uma hipótese que algo de ruim aconteça e na maioria das vezes não é uma hipótese real, acaba sendo portando sofrer por antecipação por algo que se quer possa acontecer.

Dicas de Joana d’Arc para vencer o medo

Dicas aqui deve ser entendido como estratégias da vida, ações bem orquestradas que geraram resultados e se feita da mesma forma e nas mesmas circunstâncias produzirá os mesmos resultados.

1-Do amor ou ódio que Deus tem pelos ingleses eu não sei de nada; mas sei que todos serão expulsos da França, exceto aqueles que morrerem lá.

Essa dica mostra a determinação e convicção de esta heroína tinha em sim mesma, uma coragem nunca visto antes numa mulher.

A sua coragem fez liderar um exército de homens contra tropas inglesas e os expulsaram milhares do território francês libertando o seu pais de domínio estrangeiro

2-Todo homem dá sua vida pelo que ele acredita e toda mulher dá sua vida pelo que ela acredita.

Essa frase nos alerta para termos cuidado no que acreditamos pois isso vai trazer profundas consequências na nossa vida, embora muitos não percebem mas nossas ações e decisões são reflexo do que acreditamos. Se você como mulher acredita que mulher é sexo frágil, vai continuar acreditando que precisa de um hoem para defende-la. Se você acredita que tem sempre será uma pessoa medrosa este pensamento irá lhe acompanhar para sempre  em todas as fases da sua vida, ao menos que você mude sua crenças..

3-Eu não tenho medo … Eu nasci para fazer isso.

Essa dica incentiva a todas as mulheres a descobrir a sua vocação, descobrir a vocação significa encontra o seu propósito de vida. Quando isto é entendido nada impede a mais uma pessoa, não há mais medos, traumas e dúvidas.

Quando se descobri o que nascemos para fazer ficamos autoconfiante, e estaremos preparados para todas as situações adversas que devemos enfrentar durante a vida.

4-Agir, e Deus vai agir:

Essa frase é equivalente a do evangelho que diz  “buscai, e encontrareis; batei, e a porta será aberta para vós”

Quando decidimos sair da zona de conforto e começar a agir na vida  todo o universo vai conspirar a nosso favor; oportunidades apareceram, pessoas e situações serão criadas para nos afastar perigo e abrirá nosso caminhos com segurança.

Modelagem Arquetípica

Como usar os arquétipos para vencer uma situação de medo? No método de modelam arquetípicas, um arquétipo irá servir como fonte de inspiração e mostrar o caminho de superação de medo, pois este é um exemplo real de que apesar de todas as adversidades contraria é sim possível vence-las.

Então como enfrenta a situação real do medo? Com o uso de um arquétipo, você deve para de se ver como vítima, com desvalor e entender que você tem tudo para superar qualquer situação. Com o uso de um arquétipo na situação real do medo você pergunta como a arquétipo agiria nesta situação e então passa a se comporta como o mesmo.

Assim o método modelagem arquetípica visa a reprogramação mental e emocional de seu arquétipo pessoal e suas crenças limitantes por meio de exemplo. Saiba mais no e-book: Arquétipos – desperte sua força interior.

Diga-nos o que achou?