Arquétipos Masculinos

Arquétipos Masculinos

O que são os arquétipos pessoais? Qual relação entre os arquétipos da vida intima e as deuses da mitologia? Qual a importância deste conhecimento o seu autoconhecimento dos homens e de sua respectiva vida amorosa?

Este artigo é destinado a todos aos homens que desejam se conhecer melhor e para as mulheres que desejam conhecer um pouco dos tipos psicológicos dos homens; pois se conhecer e conhecer melhor o perfil psicológico da pessoa amada e passo necessário para juntos vivenciar um relacionamento afetivo feliz e duradouro.

Também é destinado a todos que buscam o amor de sua vida, e pretende saber escolher qual o parceiro (a) combina com a sua personalidade, ou seja este conhecimento é útil para solteiros, namorados e casados.

A vida moderna trouxe mudanças culturais enormes na vida intima das pessoas, atualmente a maioria das pessoas vivem nas cidades, grande parte destas pessoas conhecem vários parceiros (as) e não sabem escolher qual o seria o par perfeito para a sua relação.

O estudo da vida intima das pessoas, em especial dos homens nunca foram objeto de um estudo profundo, que mergulhe no seu subconsciente,  sempre foi tratado na sua superficialidade, pois está sempre associado temas tabu na como sexualidade, fidelidade, machismo, ter dinheiro etc.

Afinidade Amorosa

Afinidade é o conjunto de comportamentos, gostos e valores de determinados perfis de pessoas, é comum atribuir afinidade a signos da astrologia; mas o fato é que afinidade amorosa tem conexão com o seu arquétipo pessoal ou seja seu deus interior, este é a nova psicologia dos homens.

Muitos homens se declaram que não nasceram para o casamento ou para uma relação estável, estas pessoas estão vivenciando os arquétipo do homem independe, livre, seguro que não precisa de uma mulher para viver juntos.

Outros homens vivem o arquétipo do homem de trabalho, o homem de negócio que tem como prioridade na vida sua carreira profissional, no qual a vida intima estar sempre em segundo plano.

A ainda o tipo que gosta de festa e baladas, vivem trocando de mulher a cada mês, nunca sair da casa dos país, não pretender ter filhos e foge a qualquer custo de ter um relacionamento sério.

Há também o homem de família, o cara caseiro, não gosta de festa e bebidas, gosta de estar crianças e busca uma mulher para se casar e ter uma família, no qual esta é sua realização pessoal.

O homem por sua vez que deseja ter um casamento ou um relacionamento estável deve ativar o arquétipo de homem de família ou o chefe de família na mitologia conhecido como Zeus; querer assumir um relacionamento serio com o mesmo estilo de vida de solteiro ou o perfil de playboy conhecido como Dionísio fatalmente terá problemas.

Não á nada de errado com estes tipos de homens, desde que este se conheça em sua intimidade e encontre o tipo mulher que combina com a sua afinidade.

Base Teórica 

O psicólogo suíço Carl Jung foi o pioneiro no mundo a utilizar personagens da mitologia da antiguidade para explicar os tipos psicológicos das pessoas. Para este existe perfis de personalidade intima comum em todas as pessoas, e que estas modelos de personalidade têm origem no inconsciente coletivo.

Veja a definição de arquétipos segundo Jung, retirado de seu livro arquétipos e inconsciente coletivo.

“coletivo pelo fato de o inconsciente não ser de natureza individual, mas universal; isto é, contrariamente à psique pessoal ele possui conteúdos e modos de comportamento, os quais são ‘como grãos de sal’ são os mesmos em toda parte e em todos os indivíduos(…)constituindo, portanto um substrato psíquico comum de natureza psíquica supra pessoal que existe em cada indivíduo”

Deste modo, somos seres espirituais e usamos os arquétipos pessoais para nos relacionar numa coletividade, ao longo de nossas vidas desenvolvemos mais de um tipo de personalidade arquetípica.

O ponto de discórdia é que a psicologia analítica refuta quase toda a psicologia anterior, e isto envolve mudança de paradigma científica sobre a natureza da psique humana.

Geralmente usarmos dois arquétipos humanos: uma para se relacionar com a sociedade, na vida profissional que são as “personas” ou máscaras sociais e outra para se relacionar com nossa vida intima que sãos os tipos psicológicos ou deus interior como  definia os antigos.

Deus Interior 

A tese de Carl Jung sobre esta dualidade masculina e feminina se encontra no seu livro “Tipos Psicológicos”. Posteriormente diversos analistas junguianos deram contuidade a sua obra associando os perfis de personalidade dos homens aos deuses da mitologia de civilizações antigas.

A escritura Laura Winckler no livro “ Os Deuses Interiores” – como identificar o seu arquétipo pessoal, esta explica que os personagem mitológicos como ferramentas de desenvolvimento interior, aqui novamente trata os deuses e deusas da mitologia para explicar a nossa psicologia pessoal.

 Nesta mesma linha de pensamento junguiano, a psiquiatra estadunidense escreveu o livro “Os Deuses e o Homem”, onde explica que se trata de uma inevitável continuação do livro anterior sobre os arquétipos femininos.

Esta explica que os sete deuses gregos do Olimpo são representações arquetípicas dos modelos de personalidade íntima dos diversos tipos psicológicos dominante nos homens modernos. Segue abaixo uma descrição:

Homens-Apollo: Simboliza o deus do sol, da ordem e da clareza em todos os aspectos. A personalidade deste tipo homem é a sua inteligência e força de vontade.

Homens-Zeus: Simboliza o deus do trovão. Zeus é um macho alpha, um sedutor que tem muitos românces e muitos filhos, é o homem de familia, pois para este é importante ter o lar e uma família para reinar.

Homens-Dionísio: Simboliza o deus prazer e da festividades, a personalidade de dionísio representa o homem que gosta de uma vida de prazeres com bebidas mulheres e festas.

Homens-Hefesto: Simboliza o deus do fogo, assim sua característica é ser um homem quente. Se identificar também pelo gosto ao trabalho e sua criatividade.

Homens-Hermes: Simboliza o deus do vento, sendo conhecido como mensageiro de Deus. Suas caracterisiticas são a velocidade, o charme e a boa comunicação.

Homens-Poseidon: Simboliza o deus dos mares, assim a força do mar representa a personalidade típica de poseidon, ele é um homem bastante emotivo.

Homens-Hades: Simboliza o deus do submundo, assim este tipo de homem pode ter uma personalidade introvetida.

Saber o tipo psicológico da cada homem é importante para que as mulheres entendam que tipo de homem combina com o seu tipo de deusa interior para gera uma combinação perfeita.

Devemos buscar tipos de pessoas que gostem de nossas qualidades e nos valorizar como somos,  pois existem padrões de atração comum em todas as pessoas. Isso significa dizer que somos atraído não só pelo visual da outra pessoa, mas também pela sua personalidade.

Este assunto é de extrema importância para que você possa dar um salto de qualidade na sua vida pessoal e nos seus relacionamentos afetivos. Ambos, o homem e a mulher em um relacionamento, devem observa qual arquétipo pessoal você está sendo vivenciado:

Assim com teoria amplamente aceita e estudada, falta agora aplicar este conhecimento na pratica, identificando a sua deusa interior, este é parte do objetivo deste livro, na questão do autoconhecimento pessoal e da afinidade amorosa no Ebook: Arquétipos e Relacionamentos Afetivos.

Diga-nos o que achou?